Eu tenho uma característica super visual. E algumas imagens me marcam de forma tão intensa, que consigo reproduzi-las perfeitamente quando estou de olhos fechados, olhando para dentro de mim mesma. Esta é uma conquista recente. Mas nem sempre foi assim.

 

Em minhas aulas de yoga, com a condução da professora, eu sempre ficava visualizando um feixe de luz branca, um feixe de luz dourada...mas não tinha a imagem clara até ver o documentário "o Segredo" mil vezes e entrar no matrimandir apenas 01 vez em uma viagem à Índia. É sobre isso qu e quero trazer neste post para vocês, uma vez que eu agora é quem conduzo os relaxamentos pedindo para vocês visualizarem o feixe de luz. Talvez estas inspirações possam clarear alguma coisa para vocês.

 

Quando assisti este documentário pela primeira vez, no início do meu processo de meditação, fiquei realmente boquiaberta. Assinti denovo, denovo e denovo, pois eu tinha a certeza absoluta do que acontecia quando eu fechava meus olhos para meditar. O feixe de luz, o campo energético, as limpezas físicas e energéticas...é tudo tão explicativo, que torna o processo muito mais concreto. O conteúdo do filme "O Segredo" é incrível, mas esta segunda parte que fala e mostra o que acontece na meditação, mais incrível ainda.

 

Assista com calma, pois são 60 minutos de muito aprendizado, absorva o que fizer sentido para você e compartilhe comigo as experiências: 
https://www.youtube.com/watch?v=wOIfus9mLLQ&;index=5&t=783s&list=PL1w2Hfjl0U02iN289z14-I689KoDgQq8L

 

Em 2014, tive outra experiência que me chocou ainda mais e que me trouxe a certeza absoluta de que estamos conectados com a consciência cósmica e que existem particulas luminosas invisíveis ou talvez visíveis para alguns nos alimentando o tempo todo.

 

 

O tour do grupo que estava comigo não previa a entrada no Matrimandir, mas quando eu senti a energia deste local de fora, fiquei encantada e algo me dizia que eu precisava entrar. No dia seguinte as 06:00, eu estava lá, parada na fila, literamente implorando para que deixassem eu entrar, pois as visitas são guiadas e não tinha mais ingressos. Eu precisava ver, eu precisava sentir...e consegui entrar.

 

Foi a experiência de meditação mais completa e impressionante que já tive, quando pude observar exatamente aquele fluxo de energia, de Luz, que sempre via nas minhas visualizações. Lá dentro, eu não sabia se ficava de olhos abertos ou fechados, estava mesmo impressionada e querendo observar as partículas luminosas que desciam daquela fresta no teto, sendo conduzidas por um enorme salão branco, até um Cristal também muito grande apoiado no solo.

 

 

Há tempos eu ensaio para escerver este post, pois não sabia como revelar esta experiência para vocês. E agora ele saiu, me fazendo a importância de relembrar estas imagens que deviam fazer parte do nosso dia a dia para relembrar a nossa conexão com a consciência cósmica. Ainda há muito o que escrever sobre o Matrimandir na Vila de Sri Aurobindo e The Mother, como comecei a relatar nos post´s da viagem para a Índia, e espero voltar para isso em breve. Mas por enquanto, só desejo que vocês se nuteam destas imagens e visualizações que podem ser tão poderosas no momento da meditação de vocês.




COMENTÁRIOS
Nome completo*
Comentário*
E-mail*


About Me


Simone Las Casas tem 28 anos é formada em direito e pós graduada em gestão de negócios. Movida pela paixão por Spa's hoje é consultora na empresa Expertise Spa Consulting.

SEARCH

hey!... Least 3 characters.

INSTAGRAM


PINTEREST